Suspensa

Suspensa

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Acabei suspensa

Lendo os seus versos

As suas letras me percorrem

Numa ácida melodia

Que me corrói lentamente

E à fita que me sustenta.

 

 

SC

A arte do nu, fotografia de André Brito

Anúncios